9 dicas essenciais para sua viagem de navio

9 dicas essenciais para sua viagem de navio

Escolhi, dentre muitas opções, 9 dicas essenciais para que você possa aproveitar ainda mais a sua viagem de navio e evitar “dores de cabeça” desnecessárias.

Se você nunca “cruzeirou”, preste bastante atenção, pois algumas coisas parecem meio óbvias, mas não são.

Se você já viajou (muito ou pouco – não importa), leia também. Sempre surgem dúvidas específicas.

 

1) Documentação

Inclua a verificação dos seus documentos no check-list anterior à sua viagem, pois com uma documentação incorreta, você não poderá embarcar. Já vi isso acontecer e é mais comum do que parece.

Vamos a eles:

  • Viagens nacionais: é aceito qualquer documento válido no país – RG (com no máximo 10 anos de emissão), CNH, registros profissionais (OAB, CREA, CREF, CRM etc), passaporte.
  • Viagens internacionais pelo Mercosul: RG (máximo 10 anos de emissão), passaporte.
  • Viagens internacionais (exceto Mercosul): passaporte (vencimento mínimo de 6 meses a partir da data da viagem) e vistos dos países a serem visitados (se necessário).

P.S.: Os documentos devem ser ORIGINAIS. Cópias, mesmo que autenticadas, não são aceitas.

 

2) Bagagens

Imagem: Tânia Rêgo/Agência Brasil

 

Imagine quantas malas grandes pretas com rodinhas existem no navio? Imaginou? Então não deve ser muito fácil achar a sua no meio de outras 4.000 malas, certo?

Na noite anterior ao desembarque, etiquetas coloridas são deixadas nas cabines para serem anexadas às suas malas, e servem como identificação “do dono” e também para setorizar tanto o horário do seu desembarque quanto o local onde elas estarão dispostas para serem pegas no Terminal.

Mesmo assim ainda ficará difícil encontrá-la.

Desse modo, use e abuse das tags (etiquetas), adesivos, fitas coloridas, “pisca-pisca”, “sinal sonoro” etc.

Ter uma mala trocada por engano, ninguém quer!

P.S.: Não há um limite estipulado de peso por mala (uns dizem ser 90kg), ao contrário do que as cias aéreas exigem, mas sejamos sensatos e nada de colocar “seu guarda-roupa” inteiro na bagagem, ok?

 

3) Ship card ou cruise card (cartão de embarque)

Os ship cards geralmente são entregues aos passageiros logo após a conclusão do check-in ainda no porto, porém algumas companhias optam por deixá-los na cabine para serem pegos logo após o embarque.

Todos os passageiros recebem o cartão.

Possui várias funções:

  • Sua identidade: guarda informações importantes sobre você: nome, foto, número da cabine, turno do jantar, ponto de encontro em caso de evacuação do navio (muster station), número do programa fidelidade, pacotes de bebida etc.
  • Seu dinheiro: não há necessidade do uso de dinheiro “em espécie”, pois todos os gastos a bordo são debitados diretamente dele (como um cartão de crédito/débito que usamos diariamente) – exceto em casos específicos, por exemplo, no cassino.
  • Sua chave: para abrir a cabine, basta inserí-lo diretamente na fechadura magnética.

Informação importante: tenha o ship card em mãos o tempo todo. Em caso de perda ou extravio, solicite outro imediatamente na recepção do navio.

P.S.: Sem seu cartão, você não conseguirá desembarcar, ou embarcar de volta (nas escalas previstas). Todo o controle dos passageiros (se estão a bordo ou não) é feito por ele.

 

4) Daily Program (Programa Diário)

Sabe aquele jornalzinho que é deixado diariamente na sua cabine em cima da cama? É ele mesmo.

MSC Preziosa

 

Leia, releia, sublinhe, anote, tire foto para não esquecer as informações!

Tudo que você precisa saber sobre o seu cruzeiro está escrito lá (me fez lembrar aquele comercial de tv sobre um posto de gasolina bem conhecido que tinha de tudo).

“Onde eu posso saber o horário do jantar?” – Lá no Programa Diário!

“Que deck é a recepção do navio?” – Lá no Programa Diário!

“Que roupa eu vou usar na festa da piscina?” – Lá no Programa Diário!

“Que horas sai a última barquinha do porto de escala?” – Lá no Programa Diário!

Faça a leitura!

 

5) Pacote de bebidas

Vale ou não vale à pena comprá-lo?

Sempre que me fazem essa pergunta, eu respondo da seguinte forma:

Se você gosta de beber, sente prazer, curte um bom vinho ou uma cerveja na piscina, VALE À PENA!

Se você não faz tanta questão, bebe esporadicamente ou não é adepto do álcool, NÃO VALE À PENA!

Simples assim!

Existem diversos tipos de pacotes, cada um com suas características: bebidas não alcoólicas (refrigerantes, cafés, sucos…), bebidas alcoólicas até “X” dólares, outras bebidas alcoólicas até “2X” dólares e assim por diante – cada um deles com um valor determinado.

Caso você opte pela compra, aconselho a fechar o pacote junto com a reserva da sua viagem, pois desse modo você já soma tudo e divide em várias vezes no cartão de crédito. Mas você pode comprá-lo a bordo, se preferir.

P.S.: Os valores não são baixos, geralmente em dólar. Analise sempre se compensa comprá-los ou não.

 

6) Programas de fidelidade

Funcionam de forma similar aos programas de milhagem das companhias aéreas.

A partir do momento da confirmação da reserva da viagem, você já poderá se cadastrar no programa da companhia a fim de acumular pontos. Mesmo que a viagem já tenha acabado, você poderá solicitar seu cadastro.

Uma vez cadastrado, basta informar seu número de registro para as próximas viagens e os pontos irão direto para sua conta.

Quanto mais você viajar e ou gastar dinheiro a bordo, mais pontos irá acumular. Determinadas somas elevam o seu “nível de importância” e seus benefícios.

Descontos em viagens, embarque e desembarque preferencial, gifts, guloseimas (frutas, chocolates…) deixadas na cabine, festas privativas, créditos a bordo, cortesias em atividades (spa, academia etc), espumantes, bolos de aniversários, fotos etc, são alguns dos benefícios dados a quem se cadastrar.

Faça seu cadastro! É gratuito.

 

7) Entretenimento para todos

Sabe aquela sensação de se sentir um “peixe fora d`água”? De procurar a sua tribo e não encontrar?

Por ser um espaço democrático, com muitas opções de lazer e ambientes variados, nos cruzeiros isso dificilmente acontecerá. Pode procurar! Você irá achar algo que goste de fazer.

A programação diária a bordo é desenvolvida de modo a otimizar toda a infraestrutura que o navio oferece.

Imagem: NCL

 

Desde o espaço para as crianças brincarem (com monitores, é claro!) até aquela balada eletrônica na discoteca ou o bingo no teatro. Desde a aula de dança no deck da piscina até um quiz (jogo de perguntas e respostas) num salão qualquer. Desde um leilão de arte até uma tirolesa. Opções nunca faltarão.

Ah, e a equipe de recreação tem papel importantíssimo aqui. Eles nunca param. Comandam e entretêm todos os passageiros, animando até aqueles menos agitados.

 

8) Festas

Como eu acabei de citar no item acima, só fica parado quem quer. E uma das principais atrações a bordo são, sem dúvidas, as festas.

São tão importantes para os cruzeiristas, que muitos se preparam em casa e levam fantasias ou roupas estilizadas, ou simplesmente um acessório, para seu cruzeiro. E empolgação nunca falta.

“E quais são as festas, pra eu me preparar?”

Depende de alguns fatores.

Embora, no geral, os temas sejam basicamente os mesmos (já falarei quais), algumas festas podem acontecer em uns cruzeiros, outras em roteiros diferentes e assim vai. Obviamente, se seu cruzeiro tem 7 noites, logo terá mais festas que um mini cruzeiro, por exemplo. Uma viagem pelo Norte da Europa será diferente de um cruzeiro pelo Caribe.

Festa do Branco, Tropical, Italiana, Brega, Anos 70 etc, são algumas que acontecem “sempre”. Além do jantar especial do comandante, onde não se usa fantasia e sim traje fino.

“E no meu cruzeiro qual festa terá”?

Dou 2 opções: pergunte na agência de viagem ou para quem já esteve num roteiro similar ao seu (em grupos, fórum, pessoalmente) ou pesquise em sites ou blogs da internet (olha EU aqui!).

Lembra lá do item 4 desse artigo? Na dúvida de que roupa vestir, a resposta está “lá no Programa Diário”.

P.S.: Vale ressaltar que os trajes são opcionais. Ninguém é obrigado a vestir uma fantasia, ok? É somente uma sugestão.

 

9) Diversifique

Se possível, varie! Mude! Experimente!

“Como assim?”

Conheça diferentes navios e roteiros!

Nada melhor do que a possibilidade de poder “tirarmos nossa própria conclusão” e adquirirmos conhecimento.

Cruzeirar nos dá uma possibilidade imensa de conhecer lugares, culturas, comidas típicas, histórias, cenários…

O gosto é subjetivo.

Mesmo que haja um senso comum (bom ou ruim) sobre o navio X ou Y, vá! O que foi bom pra você pode não ser o ideal para outra pessoa e vice-versa.

 

Dito tudo isso acima, espero que você possa aproveitar ainda mais o seu cruzeiro.

E se você ainda não teve a oportunidade de cruzeirar, clique aqui e veja 7 ótimos motivos para comprar o seu cruzeiro hoje mesmo.

 

*Foto em destaque: Píer Mauá

 

 

 

4 comentários sobre “9 dicas essenciais para sua viagem de navio

  1. Tem coisas aí que eu gostaria de ter lido antes de ter feito meu primeiro cruzeiro, muita informação excelente que eu não encontrei em nenhum outro lugar só aqui!!!!! Parabéns!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo