Cruzeiro em Dubrovnik (Croácia)

Cruzeiro em Dubrovnik (Croácia)

Dubrovnik, conhecida como a “Pérola do Adriático”, é um dos destinos mais visitados na Croácia e a nº 1 em cruzeiros marítimos do país.

Importante porto comercial para a região (há séculos), sua história é contada pelas construções e, principalmente, pela grande Muralha (construída entre o século XIII e XV), que cerca a Old City.

Situada ao sul da Croácia (na Costa da Dalmácia), próxima à Montenegro, no Mar Adriático, faz muito sucesso devido à união entre história e natureza, cultura e paisagem, criando uma atmosfera perfeita para os amantes do “antigo”, belas praias (com mar cristalino) e excelente culinária.

Com 21,35 quilômetros quadrados de área e população de 42.600 habitantes (2011), o ambiente medieval, renascentista e barroca, com suas construções seculares, uma muralha praticamente intacta, diversas fortalezas e ruas de pedra dão a tônica do local.

Seu clima é tipicamente mediterrâneo, com verão quente e seco e inverno moderado e úmido, e a alta temporada é entre os meses de abril a setembro.

Curiosidade: Toda a beleza e herança medieval fizeram de Dubrovnik cenário de uma das séries mais vistas dos últimos tempos: Game of Thrones (GoT), do canal HBO. Na ficção, a cidade é Porto Real/Kings Landing, a capital dos Sete Reinos.

Nota: A Old City (Cidade Antiga, ou Velha) tornou-se Patrimônio Mundial da Unesco em 1979.

Mapa Dubrovnik
Dubrovnik (Croácia) – Imagem: Mapasblog

 

O porto dos cruzeiros

Os cruzeiros atracam no Porto de Gruž, localizado numa pequena enseada protegida do mar aberto.

Ao lado da Franjo Tuđjman Bridge (ponte estaiada), o Porto recebe seus passageiros com pequenas lojas de conveniência, posto turístico/informações e taxis.

O deslocamento até a Old City pode ser feito de taxi (€13 – 3km), ônibus ou a pé, se preferir.

Porto de Gruž
Porto de Gruž – Imagem: portdubrovnik.hr

 

O que fazer em Dubrovnik?

Há diversas opções de passeio pela cidade, e caminhar pelas ruas de pedra e becos estreitos, a fim de conhecer cada canto incrível e ver todos os detalhes bem de perto, faz-se mais do que necessário.

A Old City é, sem dúvidas, o ponto principal do passeio. Sua entrada/saída pode ser feita por 3 portões: Pile Gate (oeste), Ploče Gate (leste) e Buža Gate (norte). As diversas ruas contam com Monastérios, Igrejas, Praças, Torres, enfim, construções históricas que a tornou Patrimônio Mundial.

Stradun é a principal via da Cidade Antiga. Nessa rua estão os principais restaurantes, casas de câmbio e lojas. No Monastério Franciscano pode-se visitar a 3ª farmácia mais antiga do mundo.

O Palácio Sponza, datado do século XV, abriga o Arquivo Histórico da cidade. Em frente a ele está a Torre do Relógio.

A Igreja de São Brás (Saint Blaise) e a Coluna de Orlando (cavaleiro medieval), Palácio do Reitor (abriga o Museu Histórico), Igreja Sigurata, Synagogue, Igreja Sveti Nikola, Praça Gundulic, Prefeitura, Museu Histórico-Cultural, Torre Sveti Ivan, Museu Aquário Marítimo e muitas outras construções podem ser visitadas na Old City.

Vale ressaltar que toda e qualquer intervenção nas edificações dentro da Cidade Antiga, passa por um rigoroso processo, de modo a não descaracterizar o local.

Old City
Pile Gate / Stradun – Imagem: dubrovnikcroatia.com

 

Old City
Old City (Cidade Antiga) – Imagem: timeout.com

 

O passeio pela Muralha de Dubrovnik é muito interessante e a vista incrível. De cima da muralha, vê-se a Cidade Antiga e seus telhados, e também o Adriático. Com 1.940 metros de extensão, sua largura é de 6 metros (lado terrestre) e 3 metros (beira-mar). A altura máxima é de 25 metros. O acesso pode ser feito por 2 entradas diferentes, e o valor é de 200 HRK (kuna croata) – equivale a aproximadamente €27.

Há diversas praias que você pode visitar. As mais próximas ao centro histórico são as Banje, Šulićeva ou Danče.

Betina Cave é uma pequena praia “escondida” entre as rochas de Dubrovnik e seu acesso somente é feito por caiaques ou barcos. Sua água é cristalina e azul.

Praias como Sveti Jakov, Pasjača, Lapad entre outras, estão espalhadas por toda parte. Cada uma com suas peculiaridades e estrutura própria.

Restaurado em 2010, o Teleférico (Cable car) leva os turistas ao topo do Monte Srdj. Lá do alto, tem-se uma vista maravilhosa da cidade. Há restaurante, bar, loja de souvenir, mirante e a Fortaleza Imperial (construída por Napoleão Bonaparte há mais de 200 anos), que abriga o Museu da Guerra da Independência da Croácia. Os valores são: €22,5 (adultos e jovens a partir de 12 anos), €11,5 (crianças de 4 a 11 anos). Bebês de 0 a 3 anos não pagam.

A Ilha de Lokrum, em frente à cidade, é um passeio diferente e deve ser feito “sem pressa”. Chega-se à ilha somente por barcos. O local do embarque é no Porto Antigo, em frente à Old City. Vá com bastante calma e aproveite para relaxar.

Banje Beach
Banje Beach – Imagem: Christopher Groenhout / Getty Images

 

Pretende viajar de cruzeiro pelo Mediterrâneo?

Inclua Dubrovnik no roteiro. Você irá se surpreender.

O lugar é cheio de história, cultura, arquitetura e natureza – uma das cidades medievais mais bem preservadas da Europa.

Para visitar a cidade inteira e toda a estrutura que ela oferece, seria necessário muito mais que 1 dia (o tempo de parada do cruzeiro), mas já vale muito o passeio. Se possível, opte pelas atrações com menos fila.

MSC Cruzeiros, Costa Cruzeiros, Holland America Line, Norwegian Cruise Line, são algumas das diversas companhias marítimas que fazem roteiros regulares à Dubrovnik.

Teleférico (Cable Car)
Dubrovnik – Imagem: beatmypath.com

 

Você já esteve em Dubrovnik? Deixe seu comentário abaixo.

*Foto em destaque: Photographer’s Choice


Clique aqui e conheça Bora Bora, na Polinésia Francesa – “o paraíso do Pacífico Sul”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo