Resumo da temporada 2021/2022
MSC Seaside

Temporada brasileira 2021/2022: um breve resumo

Muita expectativa foi gerada em torno da temporada brasileira de cruzeiros 2021/2022. Diante de todas as incertezas, ela quase nem ocorreu, e o pior, foi interrompida pela metade e, por pouco, não voltou mais.

Dito isso, quero aqui fazer um breve resumo de como tudo, ou quase tudo, aconteceu.

Bora lá!

Costa Fascinosa chegando em Santos (27 nov 2021)
Costa Fascinosa chegando em Santos (27 nov 2021) – Foto: Edu Nogueira

 

De lá pra cá

A autorização para a temporada de cruzeiros no Brasil foi anunciada no dia 02 de outubro de 2021, pelo ministro do turismo Gilson Machado Neto. Desse modo, as companhias MSC Cruzeiros e Costa Cruzeiros definiram oficialmente suas embarcações e escalas para a retomada.

Duas das muitas exigências do Governo Federal é que todos os roteiros deveriam ser, obrigatoriamente, em território nacional e terem 75% da sua capacidade máxima de passageiros por viagem.

Com base nos protocolos aprovados pela a Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, em 29 de outubro, as armadoras adequaram-se à realidade brasileira.

Vieram os navios MSC Preziosa, MSC Seaside e MSC Splendida, da MSC Cruzeiros, e os Costa Fascinosa e Costa Diadema (em substituição ao Costa Smeralda), da Costa Cruzeiros.

A temporada iniciara em 05 de novembro de 2021, num minicruzeiro realizado pelo MSC Preziosa. Posteriormente, após o dia 30 do mesmo mês, os outros cruzeiros também fizeram suas retomadas.

Todos os protocolos foram seguidos à risca, principalmente no que se refere ao ciclo vacinal completo (só embarcam passageiros com, no mínimo, 2 doses das vacinas), à testagem diária obrigatória de, pelo menos, 10% dos passageiros e tripulantes a bordo, dispensers de álcool em gel, distanciamento obrigatório entre outros.

Testagem gratuita para COVID-19
Testagem gratuita para COVID-19 – Imagem: Edu Nogueira

Logo após os roteiros de Natal, e devido ao surgimento da variante Ômicron (nova cepa do coronavírus), “assustando” o mundo inteiro pela sua alta capacidade de contágio, alguns casos da doença foram encontrados a bordo dos cruzeiros, acendendo um “sinal de alerta” no meio marítimo.

A imprensa “caiu matando” em cima dos cruzeiros (sic). Muitos absurdos e sensacionalismos foram divulgados nos meios de comunicação, causando uma pressão gigante na ANVISA para que a agência tomasse uma atitude para cancelar todos os cruzeiros pelo Brasil.

Em 03 de janeiro de 2022, a MSC Cruzeiros e a Costa Cruzeiros, filiadas à Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos, Clia Brasil, decidiram suspender de forma “voluntária” e imediata todos os embarques até o dia 21 de janeiro de 2022.

Porém, por motivos políticos e incompatibilidade de ideias e ajustes necessários, foi estendida para o dia 20 de fevereiro. Anteriormente ao dia 20, fora comunicada mais uma prorrogação. A nova data para o retorno às viagens seria o dia 04 de março.

E foi! Dessa vez deu certo! O número global de pessoas contaminadas e internações decorrentes da COVID-19 diminuiu drasticamente, contribuindo para uma nova retomada.

Dos 5 navios que aqui estavam durante o período de paralisação, somente o Costa Fascinosa não voltou às viagens. Retornou a Europa.

Mesmo com a retomada autorizada pelo Governo, as cidades do Nordeste do país não permitiram as atracações dos navios por lá. Por conta disso, quase todos roteiros sofreram alterações, ficando somente as cidades dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina aptas para receberem os cruzeiros.

Dia 05 de março, o MSC Seaside recomeçou seus roteiros a partir de Santos, e o MSC Preziosa no Rio de Janeiro. No dia seguinte, foi a vez do MSC Splendida, também em Santos.

O Costa Diadema aguardou um pouco mais, até o dia 14 de março, e voltou às operações.

 

Ufa! Foi difícil, mas estamos aí! Milhares de empregos voltaram e a economia do país agradece.

Enfim, hoje é dia 23 de março. Mais 2 cruzeiros já foram embora para a Europa, nas viagens de travessia previamente marcadas.

Que bons ventos (e mares) nos levem para grandes destinos – sem coronavírus, testagens, distanciamentos, máscaras, álcool gel etc.

Que venha a próxima temporada brasileira (e sul-americana)!

 

*Foto em destaque: Edu Nogueira


Leia também

* Com a suspensão dos cruzeiros, onde estão os navios?

* Relato de um cruzeiro durante a pandemia

*MSC Preziosa é o pioneiro na retomada dos cruzeiros no Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.