Por onde anda o MSC Melody?

Por onde anda o MSC Melody?

O MSC Melody foi o último navio clássico da MSC Cruzeiros a fazer roteiros regulares pelo Brasil. Despediu-se oficialmente do país em 2010.

E hoje, por onde anda o MSC Melody?

 

No Brasil

Estreante na temporada 2003/2004, o MSC Melody (maior e mais moderno navio da MSC na época), fazia roteiros a partir das cidades de Santos e Rio de Janeiro.

Após ausência na temporada seguinte, para reformas e modernização, retornou ao país em 2005/2006, para seus cruzeiros com embarques em Santos e Rio de Janeiro, e destino à região da Prata (Argentina e Uruguai).

A última vez do MSC Melody no Brasil foi em 2009/2010. Baseado em Salvador, seus cruzeiros eram exclusivos pelo Nordeste do país, e incluíam as cidades de Maceió, Recife e Fortaleza.

Em 2010/2011, o navio retornaria para repetir a temporada anterior, mas sua vinda foi cancelada sob alegação de que o aumento nas (altas) taxas portuárias e operacionais não justificava a má qualidade dos serviços oferecidos pelos portos da região.

MSC Melody em Santos/SP
MSC Melody deixando Santos/SP – janeiro de 2016

 

Restaurante Galaxy - MSC Melody
Restaurante Galaxy – Imagem: MSC Cruzeiros

 

Piscina Riviera - MSC Melody
Piscina Riviera – Imagem: wikimedia.org

 

História

Construído em 1982 pelo estaleiro francês CNIM, o Atlantic (nome original do Melody) foi encomendado pela companhia italiana Home Lines para fazer a rota regular entre a cidade de New York e as Bermudas.

De 1988 a 1997, o navio navegava pela companhia Premier Cruise Line. Seu nome foi modificado para StarShip Atlantic.

Somente em 1997, a MSC Cruzeiros adquiriu o navio e o renomeou para Melody. Era a mais nova e moderna embarcação da companhia italiana.

Em 2003, a MSC modernizou sua marca, alterando as cores e logotipo da empresa. Todos os navios acrescentaram o prefixo MSC ao nome. O Melody se transformou no MSC Melody (embora a pintura do casco se mantivesse somente MELODY).

No dia 07 de janeiro de 2013, a companhia italiana anunciou a “aposentadoria” do navio e o colocou à venda.

Em novembro do mesmo ano, a embarcação foi adquirida pelo grupo multinacional indiano Sahara India Pariwar – com o nome de Qing, iria para Goa, na Índia, e seria convertida em acomodação flutuante.

Sem manutenção adequada, o navio ficou abandonado no estaleiro e, em junho de 2016, devido a fortes chuvas, o Qing naufragou parcialmente (ficou com 2 decks submersos e houve vazamento de combustível e óleo). Não havia ninguém a bordo.

Após o ocorrido, o governo indiano ordenou a “reflutuação” do navio, para que não houvesse danos ambientais maiores.

O Qing nunca virou hotel ou algo parecido.

Declarado sucata e leiloado em 2018, foi rebocado e encalhado em Alang, Índia, para demolição.

Qing (MSC Melody)
O Qing (MSC Melody) rebocado para o estaleiro – Imagem: autor desconhecido

 

Curiosidade: Em 25 de abril de 2009, a 300km das Ilhas Seychelles (costa leste da África), no Oceano Índico, o Melody foi atacado por um grupo de piratas somalys. O comandante efetuou manobras em zigue-zague a fim de criar ondas para afastar a embarcação pirata, e a guarda de segurança do navio foi acionada. Armados com pistolas, efetuaram disparos de advertência no ar. A ação foi efetiva, mas antes de se retirarem, os piratas “retribuíram” o ataque com tiros de fuzis, que atingiram janelas e a lateral do navio.

Curiosidade 2: Nesse mesmo ocorrido, antes que a guarda de segurança chegasse ao local do ataque, para de impedir o acesso pirata ao navio, alguns passageiros arremessaram mesas e cadeiras sobre o barco onde estavam os bandidos.

Ficha técnica – MSC Melody

  • Companhia: MSC Cruzeiros
  • Classe: —
  • Ano de construção: 1982
  • Última reforma: 2013
  • Comprimento: 204 metros
  • Largura: 30 metros
  • Velocidade: 20 nós
  • Peso: 35.143 toneladas brutas
  • Passageiros: 1.550 (ocupação máxima)
  • Tripulação: 535
  • Decks: 9
MSC Melody
MSC Melody – Imagem: MSC Cruzeiros

 

Saiba por onde anda o saudoso e querido Splendour of the Seas, clicando aqui.

 

*Foto em destaque: MSC Cruzeiros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo