Por onde anda o Grand Mistral?

Por onde anda o Grand Mistral?

O Grand Mistral, animado navio de cruzeiro da extinta companhia Ibero Cruceros, fez a sua despedida definitiva do Brasil em março de 2013, após 8 temporadas consecutivas, deixando muitas saudades entre os que o conheceram.

E hoje, por onde anda o Grand Mistral? Será que ainda faz cruzeiros pelo mundo ou já saiu de circulação?

Bora saber!

Grand Mistral em Búzios
Grand Mistral em Búzios – 17 de novembro de 2012

 

No Brasil

Recém-adquirido pela Iberojet em 2004 (em 2007 seria renomeada para Ibero Cruceros), a estreia do Grand Mistral no país foi na temporada regular 2005-2006.

Entre os anos 2005 e 2008, o navio realizou suas viagens no Brasil sob fretamento da empresa CVC.

De 2008 a 2013, veio pela bandeira espanhola Ibero Cruceros (joint-venture entre a Carnival Corporation e Orizonia Corporation).

Com roteiros diversos pela costa brasileira (Búzios, Ilhabela, Salvador etc) ou região da Prata (Argentina e Uruguai), em viagens de 3 a 8 noites, com embarques, principalmente, do Porto de Santos e Rio de Janeiro, o navio tornou-se um dos mais queridos e informais cruzeiros que passaram pelo país.

Seu clima descontraído e festeiro, e sua capacidade para pouco mais de 1.400 passageiros, eram perfeitos para os brasileiros que curtem navios de médio porte.

Grand Mistral partindo de Santos (fretado pela CVC)
Grand Mistral partindo de Santos (fretado pela CVC) – 12 de fevereiro de 2006

 

Grand Mistral
Recepção / Casino Sanremo / Teatro – Imagens: Divulgação

 

Grand Mistral
Bar / Piscina / Restaurante – Imagens: Divulgação

 

História

Construído pelo estaleiro Chantiers de l`Atlantique, e lançado oficialmente em 02 de janeiro de 1999, o MS Mistral iniciou suas viagens pela companhia grega Festival Cruises.

A partir do mesmo ano, fez roteiros pelo Mediterrâneo (viagens entre Itália e Grécia) e, posteriormente, foi enviado à América Central.

Em 2004, a Festival Cruises vendeu sua frota, pois a companhia passava por dificuldades financeiras, com todos os navios parados, e decretou falência. Dessa forma, o Mistral foi adquirido pelo Grupo Alstrom (França) e fretado à Viajes Iberojet.

Mistral
Mistral (Festival Cruises) – Imagem: wikipedia.org

 

No ano de 2005, após leilão, foi adquirido definitivamente pela Iberojet e renomeado para Grand Mistral.

Em 2007, a anglo-americana Carnival Corporation & plc e a espanhola Orizonia Corporation se juntaram e formaram uma joint-venture sob a marca Ibero Cruceros. O Grand Mistral passou a ser administrado pela nova companhia, sob o controle executivo do Grupo Costa Cruzeiros.

Ao final de 2013, o Grand Mistral foi transferido para a Costa Cruzeiros, reformado e renomeado para Costa neoRiviera.

A Costa Cruzeiros assumiu a Ibero Cruceros na sua totalidade em 2014.

Como parte de uma nova concepção de cruzeiros (navios menores, escalas mais longas e novos portos de visita), durante os anos 2013 e 2019, fez seus roteiros pela Europa e Oriente Médio.

Costa neoRiviera
Costa neoRiviera (Costa Cruzeiros) – Imagem: Eerik Laine

 

Em outubro de 2019, o Costa neoRiviera foi transferido para a companhia “irmã” alemã AIDA Cruises.

Passou por reformas para adaptar-se à nova companhia e foi renomeado AIDAmira.

Em novembro de 2019, foi oficialmente batizado pela companhia alemã.

Devido à pandemia COVID-19, o navio encontra-se atualmente ancorado próximo a Santa Cruz do Tenerife, aguardando a retomada dos cruzeiros.

Curiosidade: Seguindo a tendência dos cruzeiros temáticos no Brasil, de 11 a 14 de dezembro de 2009, a cantora Claudia Leitte comandou uma micareta a bordo do Grand Mistral. Transformou o deck da piscina em um trio elétrico e comandou a festa, que ainda teve a presença de vários artistas. Cada passageiro assistiu a um show acústico no Teatro e o grande carnaval na piscina.

Ficha técnica – AIDAmira

  • Companhia: AIDA Cruises
  • Classe: Mistral
  • Ano de construção: 1999
  • Última reforma: 2019
  • Comprimento: 216 metros
  • Largura: 32 metros
  • Velocidade: 20 nós
  • Peso: 48.200 toneladas brutas
  • Passageiros: 1.498 (ocupação máxima)
  • Tripulação: 670
  • Decks: 12
AIDAmira
AIDAmira (AIDA Cruises) – Imagem: Ken Malcolm

 

Realmente, o Grand Mistral foi um sucesso entre os passageiros brasileiros e deixou muitas saudades.

No início, a CVC investiu nesse produto e deu certo. Depois voltou “sozinho”. Que bom!

Ainda podemos encontrá-lo “cruzeirando” por aí, numa outra companhia, numa outra realidade. Quem sabe, algum dia, ele retornará ao país!

Aguardemos.


Saiba por onde anda o querido e animado Island Escape, clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo