Costa Classica
Costa Classica

Por onde anda o Costa Classica?

O navio Costa Classica, da tradicional companhia Costa Cruzeiros, teve uma passagem curta e discreta pelo Brasil, entre os anos 2001 e 2002 e, posteriormente, 2007 e 2008.

Sem ser um grande sucesso como os outros irmãos da frota italiana, despediu-se região após sua última temporada e não retornou mais.

Vamos descobrir por onde anda o Costa Classica. Será que ainda continua “cruzeirando” por aí?

Bora lá!

Costa Classica
Costa Classica partindo de Santos – 23 de dezembro de 2007

 

No Brasil

Com as viagens de cruzeiro em crescimento pelo Brasil e América do Sul, as companhias marítimas travavam “uma briga” forte entre elas para ofertar aos hóspedes sempre o melhor e mais moderno produto.

Assim foi em 2001/2002.

Em substituição ao antigo navio Costa Marina, o Costa Classica juntou-se ao Costa Tropicale, e fez sua primeira temporada regular pelo país, tendo Santos como homeport.

Anos mais tarde, para o verão 2007/2008, a Costa Cruzeiros investiu “pesado” no sucesso da marca e trouxe um terceiro navio, em comemoração aos 60 anos da companhia em “terra brasilis”. O Costa Classica foi o escolhido (junto com o Costa Magica e o Costa Victoria), e teve seu retorno garantido.

Como um produto diferenciado e sofisticado, chegou para dar mais opções àqueles hóspedes que já experimentaram viajar anteriormente.

Entre dezembro de 2007 e fevereiro de 2008, realizou 10 escalas no Porto de Santos, alternando roteiros longos pelo Nordeste brasileiro e a região do Prata (Argentina e Uruguai).

No dia 24 de fevereiro de 2008, escalou no Concais pela última vez, partiu rumo à Europa “para sempre”.

Era nítido o crescimento do mercado marítimo por aqui, vindo, a cada ano, navios maiores e mais modernos.

Costa Classica
Piazza Trevi (pool) / Colosseo Theatre / Piazza Navona / Il Dolce Amore – Imagens: Costa Cruzeiros

 

Costa Classica
Tivoli Restaurante / La Tavernetta / La Trattoria Buffet / Fitness Center – Imagens: Costa Cruzeiros

 

História

Construído pelo Estaleiro Fincantieri (Marghera / Itália), como plano de expansão da Costa pelo mundo.

Batizado Costa Classica, durante 24 anos (de 1991 a 2014), realizou cruzeiros por diversos continentes, tendo o Mediterrâneo, na Europa, seu principal destino.

Entre 2001 e 2002, e 2007 e 2008, esteve pela América do Sul em temporadas de verão, com viagens, preferencialmente, pelo Brasil. A cidade de Santos / SP foi sua homeport no país.

Em 2014, o Costa Classica passou a integrar a frota Costa “Neo Collection”, navios menores que oferecem paradas mais longas nas escalas, horários flexíveis nos restaurantes e rotas exclusivas por patrimônios mundiais da Unesco, além de um concierge profissional para ajudar na escolha dos serviços a bordo ou em terra.

Renomeado para Costa neoClassica, sua renovação incluiu pintura do casco, modernização das cabines e mobiliários, manutenção dos motores entre outros.

Costa neoClassica (palavra NEO sobre o nome do navio)
Costa neoClassica (palavra NEO sobre o nome do navio) – Imagem: Dennis Mortimer

Em agosto de 2017, a Costa Cruzeiros anunciou a venda do neoClassica para um comprador não identificado, mas somente deixaria a frota italiana em março de 2018.

O cruzeiro foi vendido para a companhia norte-americana Bahamas Paradise Cruise Line, e rebatizado para Grand Classica.

Grand Classica
Grand Classica – Imagem: Bahamas Celebration

Atualmente, a Bahamas Paradise possui somente o Grand Classica na sua frota. Os roteiros são regulares entre o porto de Palm Beach, Fórida / EUA e Freeport / Bahamas.

Curiosidade: No dia 19 de julho de 1997, o Costa Classica encalhou em Kythira / Grécia, devido a fortes ventos. A bordo estavam mais de 1.500 passageiros. Posteriormente, com o auxílio de rebocadores, foi desencalhado e prosseguiu viagem sem maiores danos.

FICHA TÉCNICA – GRAND CLASSICA

  • Companhia: Bahamas Paradise Cruise Line
  • Classe: Classica
  • Ano de construção: 1991
  • Última reforma: 2020
  • Comprimento: 220 metros
  • Largura: 30 metros
  • Velocidade: 20 nós
  • Peso: 52.926 toneladas brutas
  • Passageiros: 1.680 (ocupação máxima)
  • Tripulação: 650
  • Decks: 13

 

Os navios menores, e mais clássicos, já tiveram seus dias de glória pelo Brasil. E o Costa Classica foi um desses.

Bom saber que ainda continua com suas viagens pelas Bahamas.

Que bons ventos o levem para uma vida cada vez mais longa e duradoura.

Saudades!

 

Volto em breve com novas notícias dos cruzeiros.

*Foto em destaque: Edu Nogueira


Leia também

* Por onde anda o Sky Wonder?

* Por onde anda o Grand Celebration?

* Por onde anda o Island Star?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *