Cruzeiro em Muscat (Omã)

Cruzeiro em Muscat (Omã)

Muscat (ou Mascate), capital do Sultanato de Omã (Oriente Médio / Ásia), é a maior e mais populosa cidade do país, e tem atraído turistas do mundo inteiro devido à sua diversidade cultural e arquitetônica.

Praias, montanhas, dunas, fortes, grandes e suntuosos monumentos, mesquitas etc, compõem um cenário muito rico e surpreendente – uma mistura de estilos árabes, indianos, africano e europeu. Um verdadeiro equilíbrio entre o antigo e o moderno.

Cidade portuária localizada no Golfo de Omã (Mar Arábico), região nordeste do país, é uma das principais portas de entrada para quem deseja conhecer o Oriente Médio.

Com 3.500 quilômetros quadrados de área metropolitana e população de aproximadamente 1,4 milhões de habitantes (cidade + região metropolitana), reserva muitas belezas naturais e históricas. É onde mora o Sultão do emirado.

Seu clima é quente e árido. Os verões costumam ser longos e MUITO quentes, e o inverno também quente. A alta temporada é entre os meses de novembro e maio.

Curiosidade: Muscat possui a 3ª maior mesquita do mundo: a Grande Mesquita do Sultão Qaboos. Construída em 2001, tem capacidade para 20 mil fieis.

Muscat (Omã)
Muscat (Omã) – Imagem: mapsofworld.com

 

O porto dos cruzeiros

Os navios de cruzeiro atracam no Port Sultan Qaboos. Por sua localização privilegiada, tornou-se um dos principais portos da região.

Ao desembarcarem, os passageiros farão um traslado de ônibus até o portão principal do Porto. Após descerem do ônibus, há diversos taxis, ônibus convencional ou turístico. Podem alugar carro ou passear a pé.

Port Sultan Qaboos
Port Sultan Qaboos – Imagem: polarsteps.com

 

O que fazer em Muscat?

Há muito o que se fazer e visitar em Muscat. Próximo ao Porto, as ruas e avenidas são planas e há vários bares e comércios. As principais atrações estão mais distantes.

A Grande Mesquita do Sultão Qaboos é o mais importante ponto turístico da cidade. Como já citei acima, é a 3ª maior do mundo. Sua arquitetura moderna impressiona pela imponência e elementos tradicionais islâmicos. É a única mesquita de Omã aberta para visitação de não muçulmanos. Outra curiosidade é o 2º maior tapete do mundo feito à mão, com 1 bilhão e 700 milhões de nós, pesando 21 toneladas, e feito por aproximadamente 600 mulheres durante 4 anos.

O prédio da Royal Opera House Muscat é o local ideal para quem gosta de música. É um imenso complexo para produções musicais e artísticas. Possui teatro, auditório, restaurantes, lojas e um imenso jardim. Sua capacidade é para 1.100 pessoas. Assim como a Grande Mesquita, também foi erguido em arquitetura islâmica e por ordem do Sultão.

Grande Mesquita do Sultão Qaboos
Grande Mesquita do Sultão Qaboos – Imagem: Divulgação

 

Royal Opera House Muscat
Royal Opera House Muscat – Imagens: thenationalnews.com

Em Muscat, também há belas praias, como Al Qurum Beach e Al Bustan Beach, e dunas como a de Bawshar, na qual pode-se dirigir com jipes e quadriciclos.

Muttrah é o centro histórico, onde há maior parte do comércio local.

O Muttrah Fish Market (Mercado de peixe) está situado no Porto de Muttrah. É uma das atrações mais visitadas da cidade. Além de mercado, também possui restaurante.

A Old Muscat (Antiga Muscat) é uma volta ao passado. Separada da ”moderna Muscat” por montanhas, a antiga cidade é protegida por muralhas com torres circulares, construídas no século XVII. As muralhas possuem 3 entradas, e seu interior é de uma pacata e tranquila cidade. É onde mora o Sultão.

O Palácio de Al Alam é a mais importante entre as 6 residências do Sultão Qaboos. O palácio não é aberto à visitação, mas pode-se enxergá-lo pelo portão.

Também na Old Muscat, encontra-se o Museu Bait al Zubair, com seus 3 edifícios compondo o local. Há exposições relacionadas à cultura, costumes e artesanato de Omã. Os Fortes Al Miran e Muttrah Fort estão localizados em pontos estratégicos nas montanhas.

E muito, muito mais…

Muralha de Muscat
Entrada para Old Muscat – Imagem: Shutterstock

 

Pretende viajar de cruzeiro pelo Oriente Médio?

Visite Muscat. É surpreendente – e muito quente (desculpe a rima rs).

O lugar é cheio de história, cultura, arquitetura e tradições religiosas características.

Seria necessário mais do que 1 dia (o tempo de parada do cruzeiro) para que se conheça a cidade inteira. Dessa forma, antes da viagem, vale a pena fazer uma pesquisa dos locais mais importantes e interessantes para visitação, valores, trajes recomendados etc.

MSC Cruzeiros, Costa Cruzeiros, Aida Cruises, Oceania Cruises, são algumas das diversas companhias marítimas que fazem roteiros regulares à Muscat.

Muscat
Muscat – Imagem: 1zoom.me

 

Você já esteve em Muscat? Deixe seu comentário abaixo.

*Foto em destaque: sunrise.maplogs.com


Leia também

* Cruzeiro em Dubrovnik (Croácia)

* Cruzeiro em Bora Bora (Polinésia Francesa)

* Cruzeiro em Ushuaia (Argentina)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo