Cruzeiro de réveillon em Copacabana/RJ

Cruzeiro de réveillon em Copacabana/RJ

A praia da Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro, é um dos destinos mais procurados do Brasil, principalmente, durante o réveillon. A festa da virada de ano atrai turistas do mundo inteiro e, anualmente, são esperadas mais de 2 milhões de pessoas na cidade.

Os atrativos são muitos: shows ao vivo (com palcos e telões montados na areia), entretenimentos em geral e a tão aguardada queima de fogos (fireworks). Copacabana possui o título de maior réveillon do Brasil.

Com base nisso, somado ao fato de estarmos em pleno verão e a temporada de cruzeiros a “todo vapor” no país, as companhias marítimas optam por cruzeiros especiais dedicados às festas de fim de ano, em especial, o réveillon. E Copacabana não está fora dessa lista. Alguns roteiros incluem a “escala” em Copacabana para a visualização da tradicional queima dos fogos.

Réveillon em Copacabana
Réveillon em Copacabana – Imagem: Riotur

Na virada de ano 2019/2020, oito navios estiveram fundeados (ancorados) em frente à praia: MSC Musica, MSC Seaview, MSC Fantasia, Costa Fascinosa, Costa Pacifica, Sovereign (Pullmantur), Azamara Pursuit (Azamara Cruises) e Astor (TransOcean Tours). A localização exata para ancoragem de cada navio é definida pelas autoridades locais (praticagem, município).

 

CRUZEIRO DE RÉVEILLON

Viajar de cruzeiro é sempre uma ótima opção, independentemente da época do ano. Poder passar a virada do ano a bordo com a família reunida ou amigos, é maravilhoso.

Os cruzeiros de réveillon são diferenciados. Toda a programação é dedicada às festas de novo ano: ceias elaboradas especialmente para a ocasião, decoração exclusiva e temática, pacotes de bebidas com valores mais sugestivos, baladas diversas “espalhadas” pelo navio e, a “cereja do bolo”, a visão privilegiada do show pirotécnico.

Com todas essas vantagens, o valor do cruzeiro por ser um pouco “salgado” para algumas pessoas. O preço dessa viagem varia de companhia pra companhia, de navio pra navio, de roteiro pra roteiro e, geralmente, a tarifa custa quase o dobro do valor dos cruzeiros “normais” (sem ser de ano novo). Mas vale a pena!

 

RELATO DE UM CRUZEIRO DE ANO NOVO

Para embasar esse texto, convidei o Igor Santos, seguidor da página CRUZEIRAR É PRECISO no Instagram, para fazer um relato sobre a viagem de réveillon que ele realizou em 2018, a bordo do navio Sovereign, da Pullmantur Cruceros.

Bora lá!

Olá, Cruzeiristas.

Me chamo Igor, tenho 34 anos e, desde que sou criança, sonhava em realizar uma viagem de cruzeiro para ver os fogos de Copacabana a partir de um navio.

Esta viagem sempre foi muito cara (muito mais que qualquer outra viagem de cruzeiro da temporada) e isso acabou sendo uma barreira.

Até que, em 2018, eu e minha esposa tivemos a oportunidade de pegar uma promoção inacreditável para fazer a viagem a bordo do navio Pullmantur Soberano (ou Sovereign, como preferir chamar).

No princípio, fiquei receoso com a escolha, pois já havia realizado viagens em outros navios maiores e mais estruturados, inclusive fora do país e, sempre que cotava os cruzeiros da Pullmantur, eles não me eram recomendado.

Mas a vontade de viver o sonho era maior.

Uma coisa que ajudou muito foi saber dosar expectativas. Ajuda muito em qualquer situação. Então, como a minha não era tão alta, a viagem acabou sendo satisfatória no geral.

Quanto ao cruzeiro em si, nem adianta eu falar muito dele, pois, infelizmente, o navio deixou de existir no último ano

Em relação ao réveillon, logo que embarcamos em Santos, era oferecido um pacote “Premium” para vista da queima de fotos, onde éramos acomodados em mesas compartilhadas no último deck do navio, com direito a uma ceia exclusiva e uma garrafa de espumante. O valor era em torno de 75 a 90 dólares, por pessoa, de acordo com a bebida que seria servida.

Réveillon a bordo do Sovereign
Réveillon a bordo do Sovereign

 

Na noite de réveillon, o navio era um dos últimos das fileiras que estava ancorado na orla de Copacabana, mas isso não interferiu em nada na vista, ao contrário, foi até bonito ver o cenário dos navios acompanhado dos fogos.

A recepção “Premium” não foi lá grande coisa. Muita desorganização na entrada, causando longas filas e gente que quase não conseguiu entrar, passageiros mal educados se recusando a compartilhar mesa com outras, e, a ceia exclusiva, também não era grande coisa. Enfim, se tivesse ficado no deck principal, acho que teria feito um melhor negócio.

A hora da virada foi uma das sensações mais incríveis que já senti. A energia dos fogos estourando e ecoando, os navios buzinando, as pessoas se confraternizando. Foi inesquecível.

Réveillon a bordo do Sovereign
Réveillon a bordo do Sovereign

 

Logo depois que acabou a queima de fogos, se iniciou uma festa na piscina, a qual depois migrou para a balada do navio e foi até o dia clarear.

Para completar a nossa experiência, no arranjo de mesas para o jantar, acabamos conhecendo 2 casais que moravam próximos a nós, que  se transformaram em verdadeiros amigos para vida.

Enfim, a experiência de vivenciar a queima de fogos de Copacabana, a partir de um navio foi, maravilhosa e indico para todos.

Abraços.

Igor

Obrigado pelo relato, Igor. Interessante e importante essas informações. Muitas pessoas irão se identificar com seu texto e, certamente, comprarão um cruzeiro de ano novo.

 

Para todos que me perguntam sobre esse tipo de viagem, eu aconselho fazer, pelo menos 1 vez, se possível. É óbvio que o preço é maior do que outras viagens, mas o “valor agregado” é o que faz essa experiência se tornar inesquecível.

E aí, quem topa?

Veja com seu agente de viagens, ou com a própria companhia, quais são os navios e pacotes disponíveis para o réveillon 2021/2022 em Copacabana.

 

Você já fez um cruzeiro de ano novo em Copacabana? Escreva nos comentários a sua experiência.

*Foto em destaque: O Globo


Leia também

* Tipos de cabine existentes em cruzeiros

* O que levar na mala para um cruzeiro?

* Cruzeiro com crianças – informações importantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo