The Lawn Club
The Lawn Club

15 curiosidades aleatórias sobre os cruzeiros

Quando comecei as postagens lá no Instagram, um dos temas que fiz questão de abordar era sobre CURIOSIDADES aleatórias dos navios, independentemente de companhia. Queria falar sobre tudo (ou quase).

Quem não gosta de um fato curioso?

As postagens fizeram muito sucesso e separei 15 (aleatoriamente) pra escrever aqui.

Bora lá!

 

1) DEGRAU DE € 5.000

Quando o primeiro navio Classe Fantasia (MSC Fantasia), da MSC Cruzeiros, foi construído em 2008, trouxe diversas inovações, melhorias para a frota da companhia e uma característica única até então: escadas luxuosas com degraus de Cristais Swarovski.

As escadas fizeram tanto sucesso, que a MSC passou a usá-la em todos os seus navios desenvolvidos de 2008 para cá (Classe Fantasia, Classe Seaside e Classe Meraviglia).

Vamos à matemática:

  • Cada degrau custou € 5.000
  • Uma escada tem, em média, 18 degraus, portanto cada escada “custa” € 90.000
  • € 1 equivale (hoje) a R$ 6,30, então cada escada custou aproximadamente R$ 567.000,00 (somente os degraus)

Feito isso, é só multiplicar pelo número de escadas que o navio possui.

Ufa! Barato não é, mas é lindo demais!

Escada de cristais Swarovski - MSC Fantasia
Escada de Cristais Swarovski – MSC Fantasia

 

2) CRUZEIRO DAS LOUCAS

A comédia romântica Cruzeiro das Loucas (Boat Trip), de 2002, conta a história de 2 amigos que embarcam em um cruzeiro exclusivo para homossexuais e, quando percebem, já é tarde demais – o que gera muitas situações engraçadas.

A produção foi filmada no navio Olympia Voyager, da Royal Olympic Cruises.

O navio também ficou conhecido pelos brasileiros, por suas temporadas de cruzeiro pelo país, entre os anos de 2006 e 2010, mas com o nome de Grand Voyager, da extinta companhia Ibero Cruceros.

 

3) DESTROÇOS DO TITANIC

A história do naufrágio do RMS Titanic é um clássico que, inclusive, virou um dos filmes de maiores sucesso de bilheteria do cinema.

A colisão com o iceberg aconteceu às 23:40h do dia 14 de abril de 1912, no norte do Atlântico, quando o navio fazia sua viagem inaugural, entre as cidades de Southampton / Inglaterra e Nova Iorque / EUA.

Após anos de inúmeras tentativas frustradas, seus destroços foram encontrados somente em 1985, portanto, 73 anos após o naufrágio – a aproximadamente 4km de profundidade.

 

4) PISCINA SALGADA

Uma característica essencial dos navios de cruzeiro é, sem dúvidas, a piscina.

De diversos tamanhos e formas, os passageiros ficam horas se divertindo dentro delas ou, simplesmente, ao redor. E já se tornou uma referência: o “deck da piscina”.

O que muita gente não sabe é que, em 95% dos casos, a água é salgada. E nas jacuzzis, a água é doce.

Ambas passam por um processo de dessalinização e são trocadas diariamente.

Norwegian Sky
O “Pool Deck” (deck da piscina) do Norwegian Sky

 

5) 1ª TIROLESA A BORDO

Com o passar dos anos, as companhias de cruzeiro buscaram, dentre outras coisas, maneiras de atrair mais clientes (passageiros) para os seus navios. Uma das várias formas encontradas é investir no entretenimento, com inovação e exclusividade – se possível.

A 1ª tirolesa (zip line) a bordo de um navio de cruzeiro foi instalada em 2009, no até então maior navio de cruzeiros do mundo: o Oasis of the Seas, da Royal Caribbean.

Atualmente, essa atração está presente em todos os navios Classe Oasis, da companhia americana, e também em outros navios de companhias diferentes.

 

6) O 13 DÁ AZAR?

A superstição está presente em todo lugar.

Há quem diga que não é supersticioso, mas não passa por de baixo de uma escada, ou não deixa um sapato com a sola virada para cima.

O mundo dos cruzeiros não fica atrás.

Algumas companhias de cruzeiro não usam o número 13 em seus decks (Royal Caribbean, Carnival etc). Os decks são numerados normalmente, exceto o 13 – do deck 12 passa-se ao 14. Não tem o deck 13.

Já outras companhias (MSC Cruzeiros, Costa Cruises entre outras), excluíram o número 17. Então, do deck 16 passa-se ao 18.

Pode reparar!

Deck plans Mardi Gras
A falta do deck nº 13 – navio Mardi Gras (Carnival Cruise Line)

 

7) VOTAÇÃO POPULAR: COSTA FASCINOSA

A escolha do nome para um novo navio é sempre uma ocasião muito especial, pois ele levará a marca da Companhia e deixará um legado pelo mundo.

Vários fatores são levados em consideração: força, exclusividade, significado, continuidade etc.

A Costa Cruzeiros, juntamente com agentes de viagens e seus clientes, escolheram 25 nomes que representassem magia e glamour, para seu novo navio que seria inaugurado em 2012.

Em uma votação aberta ao público, mais de 42.000 pessoas votaram, e o escolhido foi FASCINOSA.

 

8) GRAMA DE VERDADE

Como eu já citei no item 5, os navios de cruzeiro estão sempre se renovando para trazerem experiências marcantes e inéditas (se possível).

A Celebrity Cruises inovou e trouxe o primeiro gramado real a bordo de um navio de cruzeiros. Os navios escolhidos são os da Classe Solstice.

O “The Lawn Club” é um espaço multiuso localizado no deck superior do navio, onde o passageiro pode fazer um piquenique, praticar esportes ou ouvir uma música ao vivo.

The Lawn Club
The Lawn Club – Imagem: Celebrity Cruises

 

9) ÁGUA POTÁVEL

A água do mar é salgada, mas a água que usamos no navio é doce, pois os navios têm equipamentos específicos para tratá-las e tirar o sal.

O clássico transatlântico Queen Mary 2, da companhia anglo-americana Cunard Line, que já foi considerado o maior navio do mundo entre os anos 2004 e 2006, possui 3 usinas de dessalinização de água, cada uma com capacidade para 630.000 litros/dia.

O total de água sem sal produzido por dia pelo QM2 é de 1.890.000 litros.

É muita água!

 

10) QUANTO VALE 1 MILHA NÁUTICA?

As unidades de medida que existem são inúmeras e decorar cada uma delas não é tarefa muito fácil.

A milha náutica (ou marítima) foi estabelecida de forma científica.

  • 1 milha náutica equivale a 1.852 metros

Para chegar a esse valor, foi feito o seguinte cálculo:

  • A linha do Equador mede aproximadamente 40.000km
  • A terra é redonda, então dividiu-se esse número por 360 (graus) e novamente por 60 (minutos)
  • 40.000 / 360 = 111,11
  • 111,11 / 60 ≅ 1,852km

Desse modo, temos 1,852km = 1.852m

 

11) SURF A BORDO

Entediado a bordo? Nem pensar!

Se você é adepto dos esportes radicais, adora a água, e está “cruzeirando” por aí, o FlowRider® é uma opção excelente.

Presente em diversos navios da Royal Caribbean, é o primeiro simulador de surf a bordo de um navio de passageiros.

Com 12 metros de comprimento, o simulador bombeia 30.000 galões (113.550 litros) de água por minuto, criando o ambiente perfeito para o surf em alto-mar.

FlowRider
FlowRider (Simulardor de surf) – Imagem: flowrider.com

 

12) CHAMPAGNE NÃO QUEBROU

A cerimônia de batismo de qualquer navio é um acontecimento especial.

Antes da sua 1ª viagem, todo navio passa por essa celebração, e a “quebra da champagne” é um marco que significa proteção aos perigos do mar.

Essa tradição originou-se na época das Grandes Navegações – naquele tempo, o sacerdote banhava o navio com vinho (sacramento) e também com água (purificação).

Com o passar dos anos, adotou-se a champagne.

No batismo do navio Aurora, da companhia britânica P&O Cruises, a garrafa de champagne não quebrou e caiu diretamente no mar. Esse tipo de ocorrência é considerado um mau presságio entre os marítimos e, cada revés que o Aurora enfrentou, há quem diga que foi “culpa” desse incidente.

 

13) A CABINE SUMIU!

Aposto que, pelo menos 1 vez (estou sendo muito otimista), você já se perdeu no meio dos corredores do navio procurando a sua cabine.

Tem gente que, nem no último dia do cruzeiro, ainda não consegue se achar.

Parece um labirinto. Estou na frente do navio ou atrás? Do lado direito ou esquerdo? A falta de uma janela nos faz perder a referência.

Vou tentar ajudar um pouco.

A numeração das cabines segue um padrão: É crescente da proa para a popa, e de um lado as cabines são ímpar e do outro, par.

Ajudei?

Às vezes um GPS faz-se necessário rs.

 

14) FÁBRICA DE CERVEJA

A cerveja é a 3ª bebida mais consumida no mundo, logo atrás da água e do café. Portanto, pode-se dizer que é a bebida alcoólica preferida mundialmente.

Que a Alemanha é famosa por causa da sua cerveja, isso não há dúvidas, mas que tal viajar num navio de cruzeiro que fabrica a sua própria cerveja?

O navio AIDAblu, da companhia alemã AIDA Cruises, é o primeiro navio de passageiros a ter fabricação própria de cerveja.

 

15) POTÊNCIA MÁXIMA

O Symphony of the Seas, da Royal Caribbean, é o maior navio de passageiros do mundo (até o momento), e seus números são colossais: 362 metros de comprimento, 66 metros de largura, 65 metros de altura, 227.000 toneladas brutas de peso, 2747 cabine para passageiros, 6780 passageiros, 2100 tripulantes.

E, por ser um navio gigante, sofre bastante com a força do vento, mas está preparado para isso.

Os 3 hélices propulsores (azipods) giram 360º e o sistema de propulsão recebe 70% de toda a energia gerada a bordo. Desse modo, suas manobras são muito eficientes, precisas e práticas, e pode alcançar a velocidade máxima de 25 nós (46,3km/h).

Azipods - Symphony of the Seas
Sistemas de propulsão (azipods) – Imagem: Royal Caribbean

 

É isso aí!

Assuntos não faltam.

Fiquem atentos que, em breve, existirão outros textos com mais curiosidades aleatórias sobre os navios de cruzeiros.

 

Vai viajar de navio? Veja 9 dicas essenciais para que você tenha uma viagem mais tranquila.

 

* Foto em destaque: Celebrity Cruises

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.